A cria já iniciou os seus primeiros voos fora do ninho. Agora terá um longo tempo pela frente, passando também por águas mais a sul, antes de regressar à sua colónia, para se reproduzir. 

Esperamos que sejam longos voos e que a tragam de novo às Berlengas!